Google+ Followers

20 de janeiro de 2017

Dos dias:





Fui selecionada para participar numa TAG pela Mariana do blogue Comic Life ( adoro o blogue dela porque temos gostos muito idênticos e ela fala de coisas que me interessam. Visitem, não se irão arrepender.). "Conheci" a Mariana porque participei numa troca de prendas, e foi a ela, que após sermos selecionadas aleatoriamente, eu dei a minha. ( um dia destes falo mais um pouquinho sobre isto). Estas iniciativas são boas para acima de tudo conhecermos pessoas e criarmos novas amizades. 
Irei fazer a TAG brevemente e também irei falar mais sobre esta troca de prendas.

Por enquanto, vamos ao resto da tarde de trabalho.









Por aqui ouve-se Linkin Park.





19 de janeiro de 2017

Dos Anos Novos:





    Este é o primeiro post de dois mil e dezassete. Provavelmente serei a última a fazer um post sobre como foi o ano que passou e como espero que seja este novo. Vou fazê-lo na mesma. Sim, eu sei...hoje já é dia dezanove mas nunca é tarde.
    Ora, dois mil e dezasseis teve um pouco de tudo. Teve altos e baixos e esteve longe de ser um ano perfeito ( vai parecer cliché mas não posso ou não devo mentir em relação ao que realmente senti ). Realizei alguns sonhos, cumpri metas ( uma delas foi deixar de fumar ), estive sempre perto de amigos e familiares. Fui a concertos, festivais, festejei dias especiais... Reaproximei-me de um amigo que sempre foi muito importante para mim. Fui a um casamento de uma amiga, fui madrinha novamente... Namorei muito com o meu marido, passeámos muito e comemos muito bem também.
Troquei de equipa de voleibol, fui extremamente bem recebida e finalmente o espírito de grupo está presente ( finalmente voltei a um clube que tem muitas raízes, que faz do voleibol mais do que um desporto: uma paixão ).  

    Não fui de férias para o destino que gostaria mas estive na Disneyland Paris na altura dos meus anos ( lágrima de alegria ) e cantei os parabéns no Luxemburgo com os pais, o mano e o marido. Este ano, Luxemburgo foi o destino escolhido, estivemos lá nos meus anos, em outubro (aniversário do mano ) e nas férias de Natal ( lindo! ).
    Assim de repente, até parece que tudo foram rosas, mas não foram. Descobri que ficar doente não acontece só aos outros. Descobri que quando menos esperamos somos bombardeados e temos que nos saber defender. Descobri que há doenças graves que praticamente ninguém liga e que causam muita dor ( não apenas a quem a tem mas às pessoas mais próximas também ). Descobri que sou mais forte do que aquilo que pensava. Descobri que tenho muito amor ao meu redor e que juntos somos mais fortes, sempre!
    Este ano espero que esta montanha-russa de sentimentos estabilize um pouquinho mais e que acima de tudo tenhamos saúde, amizades, muito amor e alguma estabilidade económica. Parece que tenho 80 anos ao falar assim, mas chegamos a uma altura da vida em que repensamos muito bem naquilo que queremos e este ano é só isto o que mais desejo para mim, para os meus e para todos. Por isso, dois mil e dezassete sê bonzinho, traz-nos sorrisos e deixa-nos construír um caminho de felicidade plena.
Claro, tenho sempre aqueles objetivos mais íntimos, mas esses sempre me ensinaram que para termos sucesso não podemos contar tudo. 
    Que venham daí mais uns 346 dias cheios de coisas boas porque dezanove já passaram.









Happy New Year.
It´s never too late!