Google+ Followers

28 de novembro de 2016

Do espírito de Natal:





Está prestes a chegar uma das alturas do ano que mais adoro, desde todo o sempre! Sim, estou a falar do Natal. Não do Natal consumista (em Q.B.) mas sim do Natal de amor, de carinho ainda mais especial, de atos de solidariedade, de famílias unidas, de uma comida quentinha e saborosa...
Este ano já fiz 98% das minhas compras de Natal, e ainda bem pois fugi a muitas confusões. Agora chega a parte que mais me dá prazer: os embrulhos (todos os anos pensados ao pormenor). Estão escolhidos os papéis de embrulho, os laçarotes, as etiquetas e até o "modelo" do embrulho. Tão bom!!





Na minha cabeça já só passam música natalinas!












11 de novembro de 2016

Dos dias marcantes:





Rest in Peace, Leonard Cohen









               





Dos dias que passam:






...e dos obstáculos que vamos ultrapassando. Dos dias que passam e que vamos ficando mais fortes, por vezos caímos. Dos dias difíceis de explicar, daqueles que só de pensar arrepiam. Estou em dívida para com este meu cantinho de escrita e para com uma pessoa  (com a qual me comprometi a partilhar umas coisas). Dias de "sol" estão a chegar e tudo ficará menos enevoado. Este cantinho terá o respeito devido, as promessas serão cumpridas e os sorrisos serão de orelha a orelha.

Quando ao resto, já se contam os dias para o Natal. Apontam-se na agenda, rabiscam-se em papelinhos espalhados por aí... E para acompanhar temos muito amor. Ah, o amor...






28 de setembro de 2016

Dos dias:







Há dias que são muito especiais, e os dias vinte e oito são todos especiais. Hoje não é exceção.
Acordamos com surpresas boas, beijos com sabor a brigadeiro e o coração cheio de amor!





Aquele miminho bom!







Das estações do ano:







Esta estação do ano sabe-me sempre a magia.
 As temperaturas arrefecem, as noites já pedem uma manta e as paisagens sorriem em tons de laranja e castanho. Tão bom, Outono!






Dos pensamentos rápidos:






Sentimo-nos uns parvos quando sentimos aquilo que não é suposto sentir. 






21 de setembro de 2016

19 de setembro de 2016

Das partilhas:





PROCURA-SE UM AMOR
Procura-se um amor
Que goste de café
Poesia barata
E olhar a Lua
Procura-se um amor
Que esteja por completo
E queira transbordar
Que não suporte rotinas
Que viva de improvisos
Procura-se um amor
Que goste de ficar descalço o dia todo
Que tenha alergia a roupas
Procura-se um amor
Que seja complexo
Que não caiba em si
Que sinta tudo como se fosse a primeira vez
Procura-se um amor
Que tenha crises existenciais
Que possua dilemas
Que parafraseie poetas
Procura-se um amor
Que goste de Caetano
Que revolucione como Buarque
Que ame Cartola
Que seja exagerado como Cazuza
Procura-se um amor 
Que discuta teorias
Que seja nu de estereótipos
Que não se valha de preconceitos
Procura-se um amor
Que me procure também.



Franciele De Brito






Das escritas:





Se te apetece beijá-la, beija-a.
Se te apetece abraçá-la, abraça-a.
Se te apetece olhá-la sem que ela repare, olha-a.
Se te apetece ficar perdido na sua rara beleza, perde-te nela.
Se te apetece dar-lhe a mão e entrelaçar os dedos nos dela, fá-lo.
Se te apetece sorrir para ela, sorri-lhe.
Se te apetece amá-la, ama-a.
Se te apetece percorrer-lhe o corpo com as pontas dos dedos, percorre-a.
Se te apetece deixar tudo e salvá-la, salva-a.
Se te apetece partilhar os fones com ela, partilha.
 Só não A partilhes!







Dos momentos:











"I may not
Always believe
But you´re nothing short
of a miracle"






Das rotinas:





Começa esta semana mais um ano letivo. Voltaram as rotinas, os horários certinhos, o dia planeado ao minuto. Provavelmente daqui a seis meses estarei a "queixar-me" de tanto trabalho, mas para vos ser sincera, prefiro mil vezes esta altura do ano do que as férias letivas.
Que este ano seja calmo e bom para todos. Vamos juntos, de mãos dadas...




Hey oh, let´s go! 






8 de setembro de 2016

Das séries:








Vi praticamente quando foi anunciado, e demorei apenas dois dias a fazê-lo ( a primeira temporada tem apenas 8 episódios de cerca de 45 minutos cada).
É espetacular, é viciante e eu já quase nem consigo dormir só de pensar na segunda temporada.

Venham daí mais episódios porque o pessoal quer mais!




My name is Eleven.










Dos pensamentos rápidos:






A branquela de ancas largas é quem te rouba o sorriso mais sincero.






do caderno de apontamentos










5 de setembro de 2016

Das campanhas:








Fui selecionada pela Youzz para conhecer esta nova marca britânica de perfumes, a ClashEncontrei uma loja muito elegante e clean, no primeiro piso no Norteshopping. Os funcionários são extremamente simpáticos e fazem questão de nos enquadrar e dar a conhecer este conceito.

Na Clash há quatro linhas para mulher, cada uma com cinco perfumes: Riot , Urban Chic , In Love  e #Girl . Quanto aos homens há a Riot , Suit & Tie  e Sporty. Ou seja, 20 perfumes de mulher e 15 de homem em dois tamanhos: 100ml ( 45€ ) e 50ml ( 30€ ).

Existem ainda  outros produtos: velas, gel de banho e sabonetes.

Somos o primeiro país a receber esta marca por sermos recetivos a novos conceitos. E fomos bem escolhidos pois enquanto estive na loja entraram e saíram várias pessoas e todas levaram produtos.

Eu fiquei apaixonada pelo Love Potion e o meu M. ficou-se com o Bon Vivant. Trouxemos amostras de 10 ml ( como o Love Potion estava esgotado optei pelo Dazzle ).

Ainda não visitaram a Clash Fragrances?!
Façam-no brevemente e não se vão arrepender.








11 de agosto de 2016

Das escritas:





Eu gosto de escrever. Sempre gostei de tudo o que estivesse relacionado com letras. Gosto de escrever sobre histórias de amor, sejam elas impossíveis, verdadeiras, imaginadas ou forçadas. Escrevo muitas vezes, e nem sempre as histórias vêm parar aqui, às vezes as histórias ficam guardadas em caderninhos perfumados.
Sou uma menina-mulher: casada, bem resolvida com a vida e como consequência sou feliz.

Podia escrever sempre sobre o amor resolvido, o amor perfeito, o amor que vivo todos os dias. Mas não, esse amor que vivo gosto de partilhá-lo apenas com Ele. Ele que é o meu parceiro de vida e que me ama todos os dias como se me visse pela primeira vez. Ele a quem eu amo todos os dias como se o visse pela primeira vez. Escrevo-lhe várias cartas, e o conteúdo só a Ele diz respeito, porque a nossa felicidade (e apesar de eu gostar de a partilhar de várias maneiras) é a nossa intimidade, a nossa arma secreta. A nossa felicidade não precisa de ser escrita aos sete ventos, precisa de ser escrita por nós e para nós.
Assim sendo, escrevo sempre sobre outros amores. Gosto de imaginar cenários, corações despedaçados que encontram o amor verdadeiro. Gosto de lhes dar o meu toque de sonhadora. No fundo, escrevo para o ninguém sobre o ninguém mas sei que muitas vezes toca nos corações de quem me lê por ser algo que lhes soa familiar. 

Fecho os olhos e imagino, é fácil. 







8 de agosto de 2016

Da cidade que será sempre do Amor:












Depois de tantos atentados, depois de tantas coisas ditas e disparadas em torno de França, depois de tanta tristeza convém nunca esquecer que esta será SEMPRE a cidade do Amor.
Eu tenho um carinho especial por esta cidade e nem os mais temíveis disparates podem fazer mudar a minha maneira de pensar. 
Coloquem no volume máximo (eu sei que faz mal, mas é só desta vez), abram bem os olhos e usem e abusem do amor. Desfrutem desta maravilha.




Do (nosso) amor:









28. July.  3 years, 36 months, 156 weeks, 1096 days, 26306 hours, 1578240 minutes, 94694400 seconds and we´ve only just begun.





Já é agosto, eu sei. Mas não há dia em que o meu amor por ti não seja sincero e genuíno.

18 de julho de 2016

Das escritas:





Já não sei. Já não sei o que faça mais para te tirar de dentro de mim. Não consigo. Fico agoniada a cada segundo do dia. Só penso em ti, em nós, em ti, em nós... Ainda temos tudo, sabes?! Ainda somos livres e cheios de amor. Queres partir comigo ?
Estou a ouvir música enquanto (te) escrevo, e dou por mim a associar-te a cada uma delas.

Lembras-te quando andávamos de carro, de vidros abertos e cantávamos em uníssono?! Olhávamos um para o outro, sorríamos e sabíamos que a felicidade estava ali.
Quero-te aqui, agora. Quero abraçar-te, sorrir-te, beijar-te e ser tua. Sinto que queres o mesmo, vamos? Vamos ser um do outro e viver do outro lado do mundo? Vamos?


As nossas alianças serão umas sapatilhas.






15 de julho de 2016

Do Euro 2016:









CAMPEÕES



QUASE UMA SEMANA DEPOIS MAS TINHA DE VIR AQUI DEIXAR ESTE VÍDEO, ESTE AMOR, ESTES ARREPIOS <3






5 de julho de 2016

27 de junho de 2016

Do fim da semana prolongada:







S. João até às tantas. Sunset de S. João com churrascadas e caldo verde. Amigos. Limpezas da semana. Relax e gelados. Preguiça. Muito calor. Filmes e sofá fresquinho. Seleção portuguesa. Vitória sofrida mas muito comemorada. Cafezadas. Noites quentes. Praia com muito vento. Água boa. Cheiro a praia. Inspirar e expirar, relaxar. Família. Banhos cheirosos e demorados. Oficialização de "casamento" de uma irmã. Massa com carne picada e jantar na varanda. Cheesecake, gelatina e melancia. Amigos, amigos para a vida. Coisas boas. Risota, conversa e cumplicidade. Tralhos. Mais risota e boa disposição. Marcações de um próximo encontro. Noite dentro. 

Que prolongadamente bons foram estes três dias.







21 de junho de 2016

Do S. João:






Mais um ano, mais um S. João. Adoro esta festividade. Fazemos churrascadas, bebemos refrescos, cervejas e sangrias, juntamos as amizades, rimos até às quatro da manhã.
Há já alguns anos que fazemos sempre no mesmo espaço, mas este ano as coisas estão um pouco diferentes: alguns amores quebraram e consequentemente algumas amizades foram ficando mais escassas. Assim sendo, de raparigas somos poucas (mas boas, já diz o velho ditado). A mim calhou-me fazer todas as sobremesas ( nada de muito elaborado porque trabalho até tarde) e ainda algumas entradas. Optamos por coisas simples, porque não temos tempo para elaborar um jantar requintado, e sinceramente queremos é coisas descontraídas. Esta é uma altura de farra e não de etiqueta. Os pratos e os talheres vão ser de plástico, o grelhador vai ficar a cargo dos homens  e do caldo verde e das saladas tratamos nós. 
Tão bom esta descontração quase no fim da semana. 


Oh meu rico S. João...







Das músicas:











Esta semana acordei com vontade de ouvir The Temper Trap
Alguém que me leve ao SBSR?! Ah, e já agora que me empreste dois ou três dias de férias? Porque isso também se tornou escasso.





Das estações do ano:






Olá verão, bem vindo. Tu és a estação do ano que me torna bipolar... *humpf*
Embora adore trinta mil coisas no e do verão, detesto aqueles dias de imenso calor em que tenho que estar a trabalhar em vez de estar numa piscina. Detesto aqueles dias de tanto sol que me faz doer a cabeça e os olhos e me torna a pessoa mais "mole" do mundo. Detesto aqueles dias em que o calor é tanto que me tira a vontade de tudo, inclusivé de dormir... 
Só espero que este ano consiga aproveitar mais de dias na água salgada, na água com cloro, em piqueniques à sombrinha, em refrescos nas esplanadas...
Não fiques chateado comigo, sabes bem que me fazes sentir assim...







15 de junho de 2016

Do Euro 2016:








Primeiro jogo feito. Não trouxemos uma vitória mas ganhamos um ponto com o empate. 
Nervosismo à mistura, um onze inicial que eu trocaria para Renato Sanches e Quaresma de início e pouco apoio das bancadas. Dois terços do estádio estavam repletos de portugueses e desde o início do jogo só conseguíamos ouvir os islandeses a apoiar a sua seleção. Fico triste, não pelo resultado em si, mas pela maneira como nós portugueses às vezes não percebemos o quanto o nosso apoio é importante. Como jogadora de um desporto coletivo, sem bem do que falo.


Outra coisa que me revolta, são os comentários parvos de pessoas frustradas ( só podem ) que apenas só sabem dizer mal dos nossos jogadores: ou porque o Cristiano não vale nada, ou porque não tivemos garra, ou porque o chouriço transmontano está a dez euros o quilo. Por favor, cabeças pequeninas... 
Eu acredito, eu monto todo o estaminé para ver Portugal jogar, eu apoio de todas as maneiras possíveis porque nós somos uma Nação, e para quem ainda não percebeu isso, arrisco-me a dizer que nasceu no local errado.

A forma como começa nem sempre importa, interessa é como termina.  Nunca ninguém disse que ia ser fácil, e nós...oh meus caros, nós somos mais fortes.


Força Portugal!




Dos filmes:











The Spectacular Now.







Das escritas:








 Ele consegue sempre colocá-la num turbilhão de emoções.Não sabe o que dizer, não sabe o que pensar, até já nem sabe o que ouvir.
Há pessoas que são sempre tão "nossas", e ele vai sempre ser uma das pessoas "dela". Calculo que ela também será sempre "sua". Há coisas que por mais que ela tente dar a volta, não há volta a dar, e o amor é mesmo assim. Amor, paixão, dois seres num só, chamem-lhe aquilo que bem entenderem desde que ele entenda. E ele entende, ela sabe que ele entende. Vê os sinais dela e ela de esguelha também consegue ver os seus. São palavras escritas, palavras ditas em voz alta (porque só assim fazem sentido), olhares que nem precisam de palavras, sorrisos que se completam, toques de pele que arrepiam a alma.
 Há quem sinta borboletas na barriga, ela sente borboletas e tornados em todo o corpo.









14 de junho de 2016

Das frases:









Dados adquiridos, passos dados.









Dos festivais:








Festivais  são um bocadinho a minha perdição de verão. Adoro música, e o Nos Primavera Sound foi a perdição deste ano.
Foi o primeiro ano que fui a este festival e simplesmente adorei e só penso em repetir em 2017.
O preço dos bilhetes é que torna tudo mais complicado (55€ o passe diário), e como tal, este ano tive que fazer uma opção: ou não ir ( mas tinha Air, Pj Harvey, Linda Martini, Sigur Rós...) ou ir sozinha (pois não havia estofo para mais um bilhete, o do maridão).
Fui com um grande amigo meu e foi espetacular. Fomos apenas a um dia, optamos por sábado, dia de Air e Linda Martini. 
Já só tenho saudades de estar naquelas grades, da coroa de flores, dos passatempos, das fotografias, da multidão, dos momentos que queria voltar a "ver". Estão guardados do meu lado esquerdo, com muito amor e ainda muito vivos.




Até 2017, Nós Primavera Sound.







9 de junho de 2016

Das coisas boas:








Eu tenho o melhor marido do mundo. Poderia estar aqui a enumerar todas as coisas que me fazem pensar e sentir assim, mas a verdade é que é tudo tão bom que quero guardar só para mim. Mas quero gritar ao mundo que me sinto uma pessoa especial por ter todo este amor. 

We´re meant to be.
We´re so fucking special, babe!






2 de junho de 2016

Dos acontecimentos:








Amanhã é dia de casamento. Uma sexta-feira, que a continuar como os dias desta semana, vai estar repleta de bom tempo. Estou ansiosa porque gosto de ver pessoas felizes a casar. Olhar nos olhos de alguém e saber que a felicidade reside ali, é tão bom. Uma amizade que já conta com nove anos de vida. Uns dias mais outros dias menos presentes, mas sempre lá.
Ao fim de três anos, a tradição cumpre-se. O meu ramo de noiva, apanhado por ti, vai dar frutos.

Roupa escolhida, penteado definido, maquilhagem natural e sorriso nos lábios.
Até amanhã,minha noiva.










Dos pensamentos:














Sabem o que é engraçado nos amores impossíveis?

Eles chegarem a realizar-se.










27 de maio de 2016

Dos dias:





Elsa Silva Fotografia



Há dias em que me apetece calçar umas galochas, enfiar umas luvas e cuidar de jardins.
De chapéu de palha na cabeça e com uma flor na orelha direita. De sorriso na boca e de olhar perdido em tanta beleza.
Há dias em que me apetece andar descalça na rela molhada da rega e depois deitar-me a ver as nuvens no céu azul. 


Há dias em que me sinto uma flor.














26 de maio de 2016

Dos encontros:



Hoje venho falar-vos dos miminhos que a Fapex nos deu no encontro de bloggers do dia 15 de maio.




Elsa Silva Fotografia




A Fapex é um site que dispõe de imensas marcas de renome a preços muito acessíveis (bem mais do que aqueles que estamos habituados a ver nas lojas). Tem apenas um custo de portes de envio de cerca de cinco euros por encomenda.

Ainda não fiz nenhuma encomenda mas já tenho a lista feita dos produtos que quero porque brevemente irei fazê-lo. É fiável e rápido. (E perguntam vocês: Como sabes se ainda não encomendaste?! Descansem, conheço pessoas próximas que já o fizeram ).

Passemos às ofertas que recebi:


Toni Guy Glamour firm hold hairspray
Uma laca que promete fixação durante todo o dia.
Testado e aprovado.




Garnier Ambre Solaire 1 week Glow Rosto
Autobronzeador para um bronzeado luminoso, natural e uniforme.
Ainda por testar.



Deo Roll-On antitranspirante da Oriflame
A marca garante uma fórmula invisível para não manchar a roupa, bem como uma pele aveludada.
Testados e aprovados.




Creme corporal de amêndoa e creme de duche de romã da Weleda
Produtos naturais, cremosos, hidratantes e suaves.
Testados e aprovados.




Orofluído Original Elixir
É um elixir de brilho e beleza para todo o tipo de cabelo. Muito cheiroso.
Testado e aprovado.



Creme Liftactiv Vichy
Creme antirrugas, para pele normal a mista, que reafirma a pele e combate as rugas desde o interior. 
Testado e aprovado. 




Roberto Cavalli Paradiso
Amostras de um perfume floral, sofisticado e sensual.
Testado e aprovado.
(Gostei muito deste eau de parfum para esta época do ano)







Mais uma vez, um grande obrigada à Fapex por nos mimar assim.